7 de novembro de 2019

O Espírito que vem de Deus

Abrindo a Bíblia, me deparei com esta linda passagem: “Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente” (1 Coríntios 2:12).


Ao pensar e orar com esse trecho, seu significado infinito começou a se desdobrar em meu pensamento, assim:

Nós não temos recebido as crenças do mundo e sim a compreensão que vem de Deus.

Nós não temos recebido os medos do mundo e sim a coragem que vem de Deus.

Nós não temos recebido os problemas do mundo e sim as soluções que vem de Deus.

Nós não temos recebido os pensamentos ruins do mundo e sim as ideias maravilhosas que vem de Deus.

Nós não temos recebido as tribulações do mundo e sim a paz que vem de Deus.

Nós não temos recebido o materialismo do mundo e sim a espiritualidade que vem de Deus.

Nós não temos recebido a desonestidade do mundo e sim a honestidade que vem de Deus.

Nós não temos recebido a carência do mundo e sim o suprimento infalível que vem de Deus.

Nós não temos recebido o egoísmo do mundo e sim o altruísmo que vem de Deus.

Nós não temos recebido a ganância do mundo e sim a generosidade que vem de Deus.

Nós não temos recebido as impurezas do mundo e sim a pureza que vem de Deus.

Nós não temos recebido a fraqueza do mundo e sim a força (moral e espiritual) que vem de Deus.

Nós não temos recebido a insegurança do mundo e sim a segurança que vem de Deus.

Nós não temos recebido a inação e a apatia do mundo e sim a oni-ação que vem de Deus.

Nós não temos recebido as imperfeições do mundo e sim a perfeição que vem de Deus.

Nós não temos recebido a escuridão do mundo e sim a luz que vem de Deus.

Nós não temos recebido a tristeza do mundo e sim a alegria que vem de Deus.

Nós não temos recebido o ódio do mundo e sim o amor infinito que vem de Deus.

Nós não temos recebido as doenças do mundo e sim a saúde que vem de Deus.

Nós não temos recebido os pecados do mundo e sim a santidade que vem de Deus.

Nós não temos recebido a mortalidade do mundo e sim a Vida imortal que é Deus.

“...para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente.” O que é que Deus nos deu gratuitamente? Tudo o que foi citado acima e muito mais, incluindo um lar, companhia, emprego (pois Deus é nosso empregador e Ele sempre nos emprega devidamente), propósito, satisfação, felicidade, etc. Cada um de nós pode lembrar das bênçãos que Deus nos deu gratuitamente, e ser eternamente gratos.

Porque nós não temos recebido a ingratidão do mundo e sim a gratidão que vem de Deus, para que desfrutemos de todo o bem que Deus nos dá gratuitamente.


Um comentário:

Mario Dino disse...

Muito lindo seu artigo Flávio... Muito encorajador e fortalecedor do nosso reconhecimento de autênticos Filhos Armados de Deus... Obrigado por compartilhar conosco! Abs, Mario Dino