20 de novembro de 2014

O Corpo Espiritual



Pensamos que nosso corpo é material e substancial, não é mesmo? Essa é a impressão, a convicção, que nós temos. Porém, algumas pessoas descobriram que não é bem assim.

Uma delas foi Mary Baker Eddy, uma pensadora religiosa que descobriu a Ciência Cristã. Ela percebeu que o corpo responde à influência positiva ou negativa do pensamento. Depois foi mais além e afirmou que o corpo é a exteriorização do pensamento.

Ela descobriu, praticou e comprovou a eficácia do método de cura da Ciência Cristã, que atua exclusivamente no pensamento, corrigindo as crenças errôneas da pessoa, eliminando seus medos e suprindo-a com uma compreensão espiritual a respeito de si mesma. Essa prática mental resulta na cura do corpo. Isso porque o que chamamos de corpo é na verdade pensamento exteriorizado.

Em seu livro Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras, Eddy escreve que o homem “possui esse corpo e o torna harmonioso ou discordante, segundo as imagens de pensamento que nele imprime” (p.208). Por isso, a Ciência Cristã ensina a acalentar pensamentos de saúde, que se manifestam num corpo saudável. Mas isso não é simplesmente pensamento positivo. É o pensamento fundamentado na compreensão espiritual de Deus, e do homem feito à imagem e semelhança de Deus. É o pensamento fundamentado na realidade divina, que é totalmente harmoniosa.

Na química e na física quântica, os cientistas pesquisaram a fundo a matéria decompondo-a a seu grau mínimo, e descobriram que o átomo é composto de um núcleo, que tem 0,01% de sua massa, e de elétrons que giram em torno do resto de sua massa, composta 99,9% de espaço vazio. Ou seja, a matéria é basicamente um espaço vazio.

Então se perguntaram: o que nos dá a aparência de que a matéria é sólida e substancial? E concluíram que é o pensamento que nos dá essa impressão de solidez, pois na verdade a matéria não tem substância em si mesma. Ou seja, descobriram exatamente o que Mary Baker Eddy descobrira muitos anos antes. E ela ainda descobriu como curar o corpo somente através do pensamento, algo que os cientistas de hoje ainda não descobriram.

Em outro trecho de Ciência e Saúde, a autora fala do  “corpo, do qual ‘Deus é o arquiteto e edificador’” (p.428). Será que ela está falando do corpo material? Eu acho que não. O homem é o edificador do corpo material. Mas o corpo do qual “Deus é o arquiteto e edificador” é o corpo espiritual. Existe isso? Corpo espiritual?

Sim. Pensemos no outro uso comum da palavra “corpo” para designar conjunto. Por exemplo: corpo de bombeiros (conjunto de bombeiros de um determinado local), corpo de baile (conjunto de bailarinos de uma instituição), corpo docente (conjunto de professores de uma instituição).

Nesse sentido, podemos pensar que nosso corpo espiritual é o conjunto de nossas qualidades espirituais dadas por Deus, como saúde, santidade, vitalidade, integridade, harmonia, paz, inteligência, força, domínio, perfeição, etc. O corpo espiritual é o conjunto de todas as nossas qualidades divinas, cuja fonte infinita é Deus. Esse corpo nunca pode ficar doente, nunca pode sofrer acidentes, nunca pode ser perpetrador ou vítima de violência, nunca pode sofrer, nunca pode envelhecer, nunca pode morrer. Esse corpo espiritual é o corpo do qual Deus é o arquiteto e edificador. Esse é nosso verdadeiro corpo. 


Nota: a ilustração acima só é uma fraca tentativa de representar visualmente a verdade espiritual. A ilustração estaria mais correta se o corpo espiritual estivesse unido a Deus, como um raio de luz que emana do sol e está unido ao sol. Assim, nosso corpo espiritual emana de Deus e é inseparável de Deus.

10 comentários:

Anônimo disse...

Maravilha! Este artigo tem de ser estudado, não apenas lido. Quando nosso pensamento estiver imbuído dessa ideias, sentiremos a diferença em nossa saúde.

Acampamento Itinerante Peabiru disse...

Este artigo aponta para a mensagem e grande descoberta de Mary Baker Eddy, exposta em Ciência e Saúde com Chave das Escrituras: a matéria não existe, Deus é Tudo em Tudo. Tão claramente dita por ela na Declaração Científica do Existir. Por isso, a coerência, desta mensageira espiritual, ao determina que os cultos da Ciência Cristã terminem com a leitura/oração/afirmação desta declaração, tão conhecida pelos estudantes da Ciência Cristã. Edésio Ferreira Filho

Acampamento Itinerante Peabiru disse...

Parabéns: você está escrevendo sobre coisas além do mero absolutismo, moralista, cientista cristão. Aventura-se com coragem na ciência da mensagem de Mary Baker Eddy. Edésio Ferreira Filho.

Elys disse...

Adorei o artigo Flávio!! Muito Obrigada!

Solange disse...

Adorei esse post, Flá !
Obrigada por compartilhar ! :)
Muito claro e bem explicado sobre esse assunto que agora com a chegada do verão muita gente começa a se preocupar: o corpo.
Compreender que nosso verdadeiro corpo é espiritual e por isso perfeito e completo nos permite ver o corpo dito "físico" como somente um reflexo de nossas crenças e pensamentos. Por isso, para aqueles que buscam um corpo físico mais belo, ao invés de se matarem com dietas malucas e treinos extenuantes, deveriam antes buscar livrar seus pensamentos de pecados como a gula, contemplar e buscar expressar em seu dia a dia qualidades como alegria, força, pureza, verdade, leveza, discernimento, ordem e disciplina. Dessa forma o corpo físico naturalmente terá uma forma muito mais harmônica e bela !

Raquel disse...

Excelent! Obrigada Flávio!

Raquel disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Ramona Esther Nunez disse...

Esta é a terceira ou quarta vez que leio este artigo e sempre aprendo algo novo,hoje foi mais uma vez que consegui captar novas ideias. Obrigada amigo por tua dedicação ao blog da Ciência Cristã.

Aparecida Monteiro disse...

Sempre que posso releio ,e continuo achando lindo !!!

Unknown disse...

Muito lindooo e verdadeiro obrigada