28 de abril de 2015

Tudo o que é Meu é teu


“Meu filho, tu sempre estás comigo; tudo que é meu é teu.” (Lucas 15:31)
Lendo esse trecho da parábola do filho pródigo, eu pensei: O que é de Deus e também é nosso, por estarmos sempre com o Pai?

Aí pensei em Deus falando: “Todas as minhas qualidades são suas”. Sim, todas as qualidades de Deus são nossas, pois somos a imagem e semelhança de Deus. Quais são as qualidades de Deus que também são nossas?

Saúde, santidade, pureza, beleza, harmonia, alegria, paz, paciência, domínio, liberdade, espontaneidade, infinidade, etc. Todas estas maravilhosas qualidades de Deus são nossas por reflexo. É importante estarmos conscientes disso e tomarmos posse de todas essas qualidades, reconhecer que elas são nossas para as expressarmos plenamente em nossa dia a dia.

Também pensei em Deus me falando: “todo o meu poder é seu”. Ou seja, eu reflito o poder de Deus para fazer o bem. Eu reflito o poder de Deus para amar, para abençoar.

“Toda a minha Alma é sua”. Deus é a única Alma, e a Alma dEle é a nossa Alma (a palavra “alma” vem do latim “anima”, que é a mesma origem da palavra “ânimo”). Portanto, não temos uma alminha separada de Deus, que desanima com as dificuldades do dia a dia. Não. Temos a Alma que é Deus e que não desanima nunca, mas nos dá ânimo e poder para enfrentarmos e vencermos todos os desafios.

“Todo o meu Amor é seu”. Eu reflito todo o amor de Deus, o Amor que é Deus. Pense nisso: nós temos a capacidade de amar como Deus ama. Amar refletindo o Amor infinito de Deus. Não só amar as pessoas de nossa família e de nosso círculo de amizades, mas também amar os desconhecidos e até os supostos inimigos. Temos a capacidade de amar a todos incondicionalmente, infinitamente, como Deus os ama. Isso porque todo o amor de Deus é nosso, como Ele mesmo nos afirma através das palavras de Jesus na Bíblia.

“Toda a minha Vida é sua”. A Vida de Deus é a nossa Vida. A Vida que é Deus é a nossa Vida. Não temos um vida própria, separada da Vida, e que tem tantos anos, que começou num dia e acabará em outro. Não. Nossa vida é a Vida infinita, imortal, eterna, que não envelhece, não se desgasta, não se cansa, é sempre plena de saúde, vigor e vivacidade. Essa é a Vida que é Deus. Essa é a nossa Vida.

“Toda a minha Verdade é sua”. Tudo o que é verdade a respeito de Deus é verdade a nosso respeito. E não podemos aceitar que algo seja verdade a nosso respeito, se isso não for verdade a respeito de Deus. Não podemos afirmar que estamos doentes, pois Deus nunca está doente e a verdade dEle é a nossa verdade. Não somos pecadores porque Deus não é pecador e somos semelhantes a Ele. Não somos limitados pois Deus não é limitado, Ele é ilimitado, e o que é verdade a respeito de Deus é verdade a nosso respeito. Deus é a única Verdade, e a Verdade dEle é nossa.

“Toda a minha Mente é sua”. Ou seja, a Mente de Deus é a nossa Mente. Não temos um mentezinha separada de Deus, limitada, que tem ideias próprias, boas e ruins. Não. Temos uma única Mente e essa Mente é Deus. Pensamos somente o que Deus pensa, temos somente as ideias que Ele nos dá, sabemos somente o que Ele sabe (e Deus só sabe da Verdade, Ele não conhece as mentiras apresentadas pelos sentidos materiais), vemos o que Deus vê, ouvimos o que Ele nos diz. Refletimos plenamente a inteligência, a sabedoria, a perspicácia e a criatividade da Mente. Somos a “expressão infinita da Mente infinita” (Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras, p.336).

Certa noite, eu tive a oportunidade de colocar essas ideias em prática. O alarme de um carro estacionado em minha rua disparou e ficou muito tempo tocando, fazendo um barulhão. Aquilo me incomodou tanto, que eu fiquei furioso e comecei a gritar e a xingar o dono do carro e o fabricante daquele alarme horrível. Muitos minutos depois o alarme finalmente parou. Retomando a minha calma, eu me lembrei que Deus é paciente e tudo o que é de Deus é meu. Portanto eu tenho o paciência e a paz que vem de Deus. Nenhuma situação pode mudar esse fato. Uma hora depois, o alarme disparou de novo. Dessa vez, eu permaneci calmo e o barulho simplesmente não me abalou. Com gratidão percebi como essa verdade espiritual foi poderosa para mudar meu pensamento e me abençoar.

Fiquei muito feliz por compreender melhor essa mensagem de Deus, “tudo o que é meu é teu”, e por comprovar como ela pode abençoar a todos nós.


Um comentário:

Anônimo disse...

muito legal, posso copiar para andar comigo, para que quando vier algum pensamento diferente disso eu ter uma "cola" para me lembrar, até que já não precise mais dela?